Diário da mãe do Davi

Remexendo no meu diário

26/06/2015

Por Karyn Nascimento

Ontem eu estava fazendo uma limpeza na memória do meu celular e achei uma desabafo, que fiz no dia 02 de Novembro de 2014, e quero compartilhar com vocês:

Sem Título-1

Será que alguma mãe, por aí, já se sentiu assim ?

Quando fiz esse desabafo o Davi estava perto de completar seis meses, faziam dois meses que eu tinha voltado a trabalhar e realmente minha vida estava uma baguncinha.

Sabe quando parece que está tudo fora do lugar e que nunca mais as coisas voltarão ao normal, era assim que estava me sentindo.

Acredito que todo esse turbilhão de sentimentos e indagações sejam normais para as mamães de primeira viagem, ficamos maluquinhas com tanta novidade e tanta responsabilidade ao mesmo tempo.

Ainda não tinha mostrado para o meu marido esse texto e nesse final de semana mostrei pra ele, que ficou super chateado e preocupado, e me perguntou se eu ainda me sentia assim. Disse que não, que agora já estou bem melhor.

Hoje o Davi está com um aninho e tenho relaxado mais com as minhas cobranças. Hoje consigo deixar o serviço para o outro dia se não dei conta no mesmo dia. A gente aprende, nem tudo tem que ser do jeito que queremos e na hora que queremos.

Em relação ao meu corpo a neura também tem passado com o tempo, hoje está mais fácil aceitar as marcas que o Davi me deixou, tudo foi preciso pra que ele chegasse e tornasse a nossa vida mais feliz.

Nada é como o tempo, o passar do tempo cura feridas, nos faz amadurecer e entender as mudanças que acontecem na nossa vida com o passar dele.

Agora consigo curtir todo o avanço que o Davi está conquistando, e relaxar em meio ao caos.

Por isso fique tranquila, tudo vai passar e melhorar, tente relaxar o máximo que conseguir e acredite tudo vai passar! Voltar as coisas como eram, acredito que não, porque agora sua vida está mais colorida do que antes. Mas, com certeza ficará melhor do que era!

😉

 

Você também pode gostar de:

Sem Comentários

Deixe seu comentário